Dúvidas Comuns

 

Respondido por: Simaia Sampaio

 

Já sou formada em Psicopedagogia clínica, mas me disseram que eu só poderia abrir um consultório junto com uma psicóloga, isto é verdade?

Sim, pode. Veja esclarecimento dado pela ABPP no site http://www.abpp.com.br/faq_aspectos.htm:


Enquanto a profissão não estiver regulamentada, não é possível constituir uma clínica de Psicopedagogia e, essa observação serve tanto para pedagogos quanto para licenciados com curso de formação em outras áreas ( letras, matemática, artes, etc.).

Isto porque, quando for celebrado o instrumento de constituição da sociedade civil ele deverá ser necessariamente averbado junto ao Conselho Regional da respectiva profissão, porém não existe um conselho regional de psicopedagogos porque a profissão ainda não foi regulamentada.
Se a sociedade civil for aberta como clínica de psicopedagogia certamente haverá a disputa ou a recusa dos Conselhos de Psicologia para a averbação dessa sociedade civil, trata-se de um serviço que abrange o segmento profissional.
Por isso, indicamos para a solução desse problema que o profissional constitua a sua clínica como uma sociedade civil limitada, porém solicite a averbação junto ao conselho regional relativo à sua profissão que está formado (psicologia ou fonoaudiologia por exemplo).
Nada impede que o mesmo apresente aos seus clientes a sua especialização em Psicopedagogia, porém, a sua clínica será constituída e credenciada junto ao conselho de sua profissão inicial.
Caso o associado não tenha a intenção de constituir uma sociedade civil limitada (S/C Ltda.) poderá atuar como autônomo, emitindo RPA, especificando os serviços prestados como sendo "serviços pedagógicos voltados à área específica da psicopedagogia" ou " serviços de psicologia voltados à área específica da psicopedagogia".
Como a profissão ainda não está regulamentada, você poderá abrir uma firma individual e emitir o RPA ( Recibo de Prestação de serviço) colocando é claro no recibo como prestadora de ..........( a sua qualificação anterior), ou ainda abrir uma empresa Ltda., onde os custos de impostos são maiores. Sempre dependerá da sua formação anterior."
Desta forma, haverá a indicação da sua especialidade e estará sendo atendida a legislação em vigor.
Lembramos que, a atuação como autônomo não implica em uma carga tributária menor, dependerá da faixa de renda do associado, posto que dependendo dos ganhos que auferir poderá cair na tabela progressiva do IR, arcando como uma alíquota de 27,5%, além do ISS e INSS."


 

Estou terminando o curso de psicologia e gostaria de saber se posso abrir uma clínica de Psicopedagogia e atuar como tal, mas enquanto psicóloga. Posteriormente ou concomitantemente estarei fazendo a pós em Psicopedagogia. Gostaria de saber também se é correto oferecer reforço escolar na mesma clínica.

 

O título de Psicopedagogo pertence a quem cursou a Pós-graduação nesta especialidade, portanto, quando fizer Psicopedagogia poderá atuar como Psicopedagoga.  A função de psicopedagogo não é de fazer reforço escolar. Se  sua clínica oferecer este tipo de serviço a indicação é que ele seja dado por alguém que se proponha a dar o reforço escolar somente. Se por acaso for um psicopedagogo não é indicado realizar o tratamento e ao mesmo tempo dar reforço.

 

Sou psicopedagoga clínica. Gostaria de saber quais os fins da supervisão psicopedagógica e, quanto tempo de supervisão é necessário para poder clinicar com mais segurança?

 

A supervisão é para dar suporte ao psicopedagogo na sua atuação. Se você está fazendo um diagnóstico e não se sente segura, poderá fazer uma supervisão no início e outra no final antes da devolução. Durante o tratamento com a criança o supervisor irá te orientar, trocar idéias sobre o tratamento, mas sempre ouvindo a sua opinião como psicopedagoga e ajudando você nas suas conclusões. 
Não existe um tempo para começar a clinicar com segurança, até mesmo porque esta segurança virá com a prática. Você já pode fazer uma supervisão para saber como agir na primeira entrevista, o que deve fazer. Quando surgir um cliente você faz a supervisão para este diagnóstico.

Se desejar contratar supervisão online clique aqui para informações:  http://www.psicopedagogiabrasil.com.br/#!superviso/cp1s

 

Faço psicopedagogia, com habilitação intitucional, gostaria de saber onde posso atuar e como. 

 

Com a formação institucional você poderá trabalhar em escolas, ong´s, empresas, mas não poderá clinicar. Se desejar clinicar terá que fazer uma especialização em psicopedagogia clínica. 

 

Fiz uma pós-graduação em Psicopedagogia e quero começar a clinicar. Existe alguma anuidade? Com a pós posso clinicar?

 

Quando você se associar à ABPp deverá contribuir com uma semestralidade a ser paga na ABPp seção do seu estado. Você poderá clinicar com a pós em Psicopedagogia clínica ou clínica com institucional, mas se for somente institucional não.

 

Gostaria de saber se vocês oferecem o curso Psicopedagogia Clínica a distância?

Não, o site é apenas informativo.

 

Sou Pós-Graduada em psicopedagogia Clínica e Escolar e gostaria de me associar, pois pretendo montar um consultório assim que tirar todas as minhas dúvidas. Como faço?

 

Procure a ABPp do seu estado para associação. Se deseja montar um consultório é importante que faça uma supervisão para ir tirando suas dúvidas e mesmo quando estiver atendendo deve continuar com a supervisão aliás mais do que nunca. 

 

Ainda vou defender minha tese de conclusão do curso  posso alugar uma sala para clinicar antes mesmo de receber meu diploma , ou tenho que esperar esta burocracia toda, só recebo o diploma depois que eu defender, aproximadamente dois meses depois... Posso ir a procura de alugar minha sala num consultório ou devo esperar chegar o documento ? Devo deixá-lo exposto em um quadro para que as pessoas visualizem ou não o meu diploma de pós graduada em psicopedagogia ?

 

Você não precisa pendurar nenhum diploma na parede, se alguém pedir você mostra a documentação que deverá estar numa pasta em seu consultório. Quanto a atuar, só após concluir mesmo. Você poderá solicitar um certificado de conclusão junto à coordenação enquanto sai seu diploma.

Não se esqueça de já se afiliar à Abpp (Associação Brasileira de Psicopedagogia), você não precisa estar formada. Estudante pode se inscrever. Você já adquire o número de sócia e pode utilizá-lo no cartão de visita.

 

 

Tenho lido muito sobre diversos temas e gostaria que me indicasse um livro  sobre provas operatórias.

 

No meu livro Manual Prático do Diagnóstico Psicopedagógico Clínico, Editora WAK, descrevo a prática da Entrevista Inicial, EOCA, Anamnese, Informa Psicopedagógico, aplicação das provas operatórias em forma de perguntas já pronto para levar para a sessão com análise baseado em Jorge Visca, aplicação das técnicas projetivas, as consignas e avaliação baseado em Visca.

 

Os livros de Jorge Visca sobre provas operatórias poderão ser encontrados em algumas livrarias.

 Você poderá encontrar informações sobre as provas operatórias também no livro de Maria Lúcia Weiss (Psicopedagogia clínica) e no livro de Jean-Marie Dolle (Essas crianças que não aprendem). Dê uma olhada na sessão dica de livros.

 

 

Com a formação institucional eu posso assinar avaliações do aluno?  Sei que não posso aplicar alguns testes por não ter a formação em Psicologia.

 

Você pode atuar como psicopedagoga institucional, mas não é indicado clinicar dentro da escola, ou seja, não poderá aplicar as provas operatórias, projetivas com intuito de fazer um diagnóstico clínico. Se a criança está apresentando dificuldades deverá ser encaminhada para o psicopedagogo clínico.

 

   

Verifiquei no curso de psicopedagogia que fiz e não consta na certificação psicopedagogia clínica, a certificação fala da formação institucional, porém gostaria muito de complementar a formação com a parte  clínica. E realmente estou muito identificada com o processo da psicopedagogia clínica. Tenho estudado muito sobre o assunto. Como posso complementar o estudo? Posso atuar junto as minhas colegas?

 

Tenho recebido muitos e-mails de pessoas que só descobrem que não estão habilitas para psicopedagogia clínica quando terminam o curso.  Verifique junto a sua instituição para tirar esta dúvida. Verifique no contrato inicial se eles mencionam que é só institucional. 

 

O que é E.O.C.A.?

 

A sigla E.O.C.A. significa Entrevista Operativa Centrada na Aprendizagem e deve ser realizada no início do diagnóstico com o paciente, antes da aplicação das provas.  É da EOCA que o psicopedagogo definirá sua linha de pesquisa. Ver mais informações no livro de Simaia Sampaio - Manual Prático do Diagnóstico Psicopedagógico Clínico

 

O que é anamnese? 

 

Anamnese é uma entrevista que fazemos com os pais ou responsáveis do sujeito que está sendo diagnosticado. A depender da linha de trabalho realiza-se no início ou no final do diagnóstico. Ver mais informações no livro de Simaia Sampaio - Manual Prático do Diagnóstico Psicopedagógico Clínico

 

De que forma o psicopedagogo pode atuar na empresa?

 

A empresa poderá contratar o psicopedagogo para ajudar seus funcionários a superarem as dificuldades de relacionamento no grupo, ajudar a empresa a superar as fragmentações de setores e trabalhar de forma interdisciplinar. Através de intervenções o psicopedagogo auxiliará o grupo observando sua movimentação, como funcionam, como lidam com suas frustrações, como reagem ao erro etc. Antes de tudo deve dar atenção a queixa da empresa e observar seu histórico para assim fazer as intervenções cabíveis. Para cada empresa um trabalho diferente, porque nenhum grupo é igual.

 

As escolas psicológicas (Freud, Piaget, Vygotski, entre outros) podem contribuir para a psicopedagogia?

 

Sem dúvida. As escolas de psicologia dão suporte indispensável para a psicopedagogia, entre elas a psicologia genética de Jean Piaget de onde tiramos as provas operatórias que aplicamos no diagnóstico, a psicologia social de Pichon Rivière que nos orienta a cerca do processo grupal e sua dinâmica, a Psicanálise de Freud que também nos dá suporte. Trabalhamos com a Epistemologia Convergente uma linha teórica criada por Jorge Visca que orienta o trabalho psicopedagógico que se baseia nas três teorias: Psicologia Genética de Piaget, Psicanálise de Freud, e Psicologia Social de Pichòn. Outros teóricos também nos ajudam a entender como se dá o processo de aprendizagem e desenvolvimento, como Vygotski, Wallon etc. 

 

Meu filho foi encaminhado (pelo neurologista) aos serviços de psicologia, psicopedagogia e fonoaudiologia. Eu não sei exatamente qual a formação acadêmica de um psicopedagogo, ou seja, se é uma especialização do psicólogo ou do pedagogo (ou de ambos). Será q vc pode esclarecer minha dúvida?

 

A especialização em Psicopedagogia pode ser feita tanto por um pedagogo como por um psicólogo ou outro profissional de área afim como fonoaudiólogo por exemplo.

O Psicopedagogo irá trabalhar com as dificuldades de aprendizagem. Primeiramente ele irá fazer um diagnóstico que varia de 8 a 10 sessões. Se ao final do diagnóstico o psicopedagogo verificar que ele precisa de um tratamento psicopedagógico, ele fará o encaminhamento para um psicopedagogo fazer o tratamento que pode ser ele mesmo ou outro psicopedagogo. Poderá encaminhar também para um psicólogo e/ou fonoaudiólogo. Só através do diagnóstico é que podemos verificar de que acompanhamento ele precisará.

 

Sou estudante de psicopedagogia clínica e já como trabalho me foi pedido para fazer um diagnóstico sobre uma determinada pessoa, só que eu não tenho nenhum roteiro e nem exemplos de como fazer esse diagnóstico. Pode me ajudar?

 

Você poderá utilizar meu  Manual Prático do Diagnóstico Psicopedagógico Clínico.

 

Quais as maiores dificuldades enfrentadas no início desta profissão?

 

No início da profissão tudo parece ser mais difícil, mas à medida que você vai praticando e adquirindo experiência as coisas vão ficando mais fáceis. Entretanto cada caso é um caso e o estudo deve ser permanente e contínuo. Abaixo relaciono algumas dificuldades que poderão ser encontradas:

- A princípio, um local para se trabalhar. Se abrir um consultório tem as despesas com local, telefone, luz, material, etc.  

- Até você ser conhecido e conseguir cliente também é um obstáculo a ser superado. Você deve investir bastante na divulgação do seu trabalho em locais como escolas, clínicas de áreas como fonoaudiologia que possam encaminhar clientes, consultórios de pediatria. Fazer folders, cartões de visita é fundamental.

- Dúvidas na hora de aplicar as provas operatórias é um problema que pode ter consequências no resultado do diagnóstico. Portanto, é necessário estar muito segura durante sua aplicação.

- Fazer a devolução, é algo delicado para um psicopedagogo inexperiente. O psicopedagogo deve estar muito seguro do seu diagnóstico e passá-lo com muita tranquilidade, você terá que contar com uma supervisão. (Ver informações)

- Outras dificuldades poderão ser encontradas, mas nada que não possa ser superado se o psicopedagogo tiver muita dedicação

 

 

Não sei se para fazer clinica e institucional vale o mesmo curso ou preciso fazer um em cada área , de quantas horas em média é o curso e se logo que concluido já posso atuar?

 

A maioria dos cursos oferecem psicopedagogia clínica e institucional num mesmo curso, mas outros oferecem apenas um, você deverá verificar isso antes de se matricular.

Alguns cursos são uma semana por mês, outros um final de semana por mês, e variam de um ano e meio a dois anos com o estágio.

Assim que tiver concluído o curso você já pode trabalhar em seu consultório como psicopedagoga clínica ou em escolas ou empresas como psicopedagoga institucional, porém, neste último caso, certamente lhe exigirão experiência.

 

 

Apoio

Iphouse Lojas Virtuais

Aprenda como montar uma loja virtual de sucesso na internet