Livros de educação
top of page

 

Uso de técnicas mnemônicas na aprendizagem

Por: Simaia Sampaio

Psicóloga, Psicopedagoga, Neuropsicóloga

As técnicas mnemônicas são estratégias cognitivas e ferramentas que auxiliam na melhoria da memória e na retenção de informações. Elas têm sido utilizadas por séculos por estudantes, oradores, artistas e profissionais em várias áreas para aprimorar sua capacidade de lembrar fatos, números, nomes e conceitos. As técnicas mnemônicas são baseadas na ideia de que a memória humana pode ser aprimorada através de métodos específicos de organização e codificação das informações.

Essas técnicas aproveitam a capacidade natural do cérebro de associar informações a imagens, histórias, locais e outros elementos significativos. Ao criar essas associações, as informações se tornam mais acessíveis e fáceis de lembrar. As técnicas mnemônicas podem ser particularmente úteis quando se trata de memorizar listas, sequências e detalhes complexos.

As técnicas mnemônicas são utilizadas por muitos professores de cursinhos pré-vestibulares como forma de facilitar o aprendizado do aluno através de associações mentais. São bastante úteis na medida em que auxiliam o aluno a guardar informações novas associadas a informações já existentes em seu cérebro.

Nosso cérebro aprende por associações agregando um fato novo a um já existente, ou que pelo menos faça sentido, do contrário pode até ser decorado de forma mecânica, mas irá esquecer facilmente. Para que o cérebro jogue a informação da memória de curto prazo para a de longo prazo é preciso que a informação tenha significado. As técnicas mnemônicas nada mais são do que pegar um fato novo e associar a um já pré-existente, fazendo sentido para o aprendiz. Infelizmente muitos professores do ensino fundamental e médio não descobriram as vantagens destas técnicas e não as utiliza em sala de aula, o que acarreta uma aprendizagem mecânica e automatizada ocasionando esquecimento breve.

Utilizar-se destas técnicas é bem diferente de decorar. Decorar é ficar repetindo várias vezes algo que não tem significado e que não se compreendeu e, portanto há um rápido esquecimento. Já na utilização das técnicas mnemônicas a informação é guardada sem esforço porque o cérebro entendeu a nova informação como complemento de uma informação que ele já tinha.

Não há risco em utilizar esta técnica, mas ela deve estar associada à compreensão do conteúdo e este deve ser significativo para a vida do aluno.

O construtivismo, quando chegou às escolas, foi entendido de uma maneira errônea, os professores deixaram de exercitar esta memorização, que é importante para o cérebro, mas o construtivismo também trouxe muitos benefícios permitindo que o aluno construa sua aprendizagem e esta seja significativa. Portanto o ideal é que as duas coisas sejam associadas, porque apesar de tudo as escolas ainda exigem que conteúdos sejam memorizados como tabuada, capitais dos estados, nomes dos planetas, partes do corpo humano etc.

Por exemplo, o aluno pode ter dificuldade em lembrar-se dos planetas na ordem, desta forma poderá utilizar-se de uma técnica mnemônica: falar uma frase cujas iniciais começam com o nome do planeta: Minha Velha Traga Meu Jantar Sopa Uva Nozes (Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano, Netuno). Este é apenas um exemplo de muitos outros que poderão ser utilizados para facilitar o aprendizado.

Aqui estão algumas das técnicas mnemônicas mais comuns:

  1. Acrônimos: Nessa técnica, você cria uma palavra ou frase usando as letras iniciais das palavras ou conceitos que deseja lembrar. Por exemplo, a sigla "NASA" representa a "National Aeronautics and Space Administration."

  2. Histórias ou narrativas: Crie histórias vívidas e memoráveis que envolvam os conceitos ou informações que você deseja lembrar. Quanto mais detalhada e envolvente for a história, mais fácil será recordar as informações associadas a ela.

  3. Palácio da Memória (Método de Loci): Imagine um lugar que você conhece bem, como sua casa, e associe elementos a serem lembrados a locais específicos dentro desse lugar. Ao percorrer mentalmente esses locais, você pode recuperar as informações associadas a cada um deles.

  4. Rimas e canções: Transformar informações em rimas ou músicas ajuda a torná-las mais memoráveis. Muitas vezes, melodias pegajosas facilitam a recordação.

  5. Associação: Conecte as informações que você deseja lembrar a conceitos ou objetos familiares. Quanto mais vínculos você criar, mais fácil será recordar as informações.

  6. Repetição espaçada: Em vez de estudar repetidamente uma informação, reveja-a em intervalos espaçados ao longo do tempo. Isso reforça a memória de longo prazo.

  7. Visualização: Crie imagens mentais vívidas e detalhadas das informações que deseja lembrar. Quanto mais sensoriais e emocionais forem essas imagens, mais eficaz será a técnica.

  8. Chunking: Divida informações complexas em grupos menores ou "pedaços" (chunks) que são mais fáceis de lembrar. Por exemplo, ao lembrar de um número de telefone longo, divida-o em grupos menores.

  9. Mnemônicos fonéticos: Use palavras ou frases que soam semelhantes às informações que você deseja lembrar. Por exemplo, "i" antes de "e" exceto após "c" é um mnemônico fonético para regras de ortografia em inglês.

  10. Memória espacial: Associe informações a locais físicos específicos em um espaço real. Ao percorrer esse espaço, você pode recuperar as informações associadas a cada local.

Essas técnicas podem ser combinadas e adaptadas para atender às suas necessidades de aprendizado. O uso eficaz de técnicas mnemônicas pode melhorar significativamente sua capacidade de lembrar informações importantes em diversos contextos, desde a sala de aula até o trabalho e a vida cotidiana.

As técnicas mnemônicas variam em complexidade e aplicabilidade, e sua eficácia pode depender da pessoa e do tipo de informação que está sendo memorizada. No entanto, em geral, elas oferecem ferramentas valiosas para aprimorar a memória e podem ser adaptadas para atender às necessidades individuais.

A pesquisa continua a explorar novas técnicas mnemônicas e como elas podem ser aprimoradas para atender às demandas modernas, incluindo o uso da tecnologia para criar sistemas de memória mais sofisticados.

image.png

Livro

Simaia Sampaio

Compre com frete grátis

Tenha uma visão ampla e atualizada de viés neurocientífico sobre os processos de aprendizagem, dificuldades e transtornos.

image.png

Livro

Simaia Sampaio

Compre com frete grátis

Entenda como os diferentes aspectos se relacionam com as dificuldades de aprendizagem

image.png

Livro

Simaia Sampaio

Compre com frete grátis

Aprenda tudo sobre Psicopedagogia da Teoria à Prática

bottom of page